Liturgia – 26º Domingo Comum

Categoria (Artigos) por Alexandre em 10/01/2018

“Tens ciúmes por mim?Que dera que todo povo profetizasse!”

1.Acolhida:
O Povo de Israel cresceu em número e Moisés não dava mais conta de coordená-lo! E Deus pediu-lhe que escolhesse 70 anciãos para ajudá-lo na reflexão e na condução do povo enquanto, ainda, caminhava pelo deserto, rumo à Terra Prometida. Receberam parte do Espírito de Moisés e profetizavam como ele. Partilha de poder e de responsabilidade!
O Povo de Israel precisava acostumar-se com a partilha de poder. Deus não gosta de “ditaduras” e age, mesmo independente da instituição. Deus distribui seus dons livremente e todos os dons devem estar a serviço da Comunidade. O monopólio não cai no gosto de Javé Deus!

2. Palavra de Deus:
Nr 11,25-29 – Moisés escolheu setenta anciãos que receberam parte de seu espírito; mas dois deles não participaram da reunião da Assembléia e, mesmo assim, profetizavam causando estranheza em Josué, que reclamou junto a Moisés para os mandasse calar!

Tg 5,1-6 – Tiago anuncia o castigo dos  latifundiários que exploraram os operários, negando-lhes o salário devido, vivendo luxuosamente, cevando o coração para o dia da matança! Condenastes o justo e o assassinastes porque ele não tem como resistir-lhes!

Mc 9,3843.45.47-48 –  O ciúme existia, também, entre os discípulos de Jesus! Proibiram que expulsassem demônios porque não pertenciam ao Grupo dos Discípulos. Jesus proibiu-lhes, porque “Ninguém faz milagres em meu nome para depois falar mal de mim!”

3.Reflexão:
Nenhuma instituição ou nenhuma pessoa pode monopolizar o poder de Deus! Ele concede seu poder a quem Ele quiser. Melhor, ninguém consegue fazer o bem a não ser pelo poder do próprio Deus! Quem distribui a vida, quem salva é o próprio Deus! Ninguém, nem mesmo a Igreja, pode reivindicar o poder da salvação. Quem salva é Jesus e o faz por seu Sangue derramado na cruz, mas  o ministério desta Salvação, Deus pode destiná-lo a quem Ele desejar! Nada de ciumeira, portanto! E mais, pode ser alguém fora da Igreja Institucional! Creio, sinceramente, que há muitos santos fora da Igreja católica!

Josué, amigo e ajudante de Moisés, queria que Moisés proibisse aos dois “rebeldes” de profetizarem. Recebeu a resposta: “Tu tens ciúmes por mim? Quem me dera que todo o Povo do Senhor fosse profeta…!”. Não sufoquemos as iniciativas de nossos irmãos na Comunidade; pelo contrário, procuremos estimulá-los à prática de boas iniciativas.

Tiago, na simplicidade de um pescador, recorda a inutilidade do acúmulo de riqueza, especialmente, mal havida e  injusta. Ela apodrecerá ou será consumida pela ferrugem e pela telas traças ( símbolos).Esta é uma realidade invencível! As riquezas, mal havidas, apenas engordam o coração para o dia da vingança! O Salmo 49 diz que o rico avarento e insensível é como boi gordo destinado ao açougue! A riqueza não salva a nossa alma! O dinheiro escondido em “Paraísos fiscais” vai enferrujar, mas a  sua alma vai queimar no inferno! Não tenhamos dúvidas a este respeito! Não adiante exclamar: Oh! Meu Deus não me deixe morrer!”

Jesus fala de atitudes radicais: O valor maior é a nossa alma e para salvá-la não duvidemos de sacrificar até membros de nosso corpo, pois, é melhor entrar no Reino de Deus aleijado do que ter o corpo inteiro queimando no inferno!

O Sangue de Jesus é um preço alto demais  para por em risco nossa Salvação eterna! Jesus pagou nosso resgate com seu Sangue!

Frei Carlos Zagonel

http://www.paroquiansacoxipo.com.br/conteudo.php?sid=44&cid=5325

Deixe sua resposta

Você deve estar logado para enviar seu comentário.